Os tipos de VPN e seus protocolos

    A VPN é uma rede virtual privada que permite ao usuário conectar-se a uma rede pela Internet de forma segura e confidencial. A VPN cria uma conexão criptografada, conhecida como túnel VPN, e todo o tráfego e comunicação da Internet são transmitidos por esse túnel seguro, garantindo assim, a segurança e privacidade dos dados do usuário.

    Existem dois tipos básicos de VPN:

1. VPN de acesso remoto

    A VPN de acesso remoto permite que um usuário se conecte a uma rede e acesse seus serviços e recursos remotamente. A conexão é segura e privada e ocorre através da Internet.

    Esta VPN é útil para usuários corporativos e domésticos. Um funcionário corporativo, enquanto viaja, pode usar uma VPN para conectar-se à rede privada de sua empresa e acessar remotamente arquivos e recursos.

    Os usuários domésticos ou particulares usam os serviços da VPN principalmente para contornar as restrições regionais na Internet e acessar sites bloqueados. Os usuários que buscam mais segurança online também usam serviços VPN para aprimorar sua privacidade na Internet.

2. VPN Site a Site

    Uma VPN site a site também é chamada de VPN "roteador a roteador" e é usada principalmente a nível empresarial. As empresas usam esta tecnologia para conectar matriz a escritórios em diferentes localizações geográficas. Quando vários escritórios da mesma empresa na mesma localização geográfica são conectados desta maneira, isso é chamado de VPN baseada na Intranet. Quando as empresas usam este tipo de VPN para se conectar ao escritório de outra empresa, ele é chamado de VPN baseada em Extranet. Basicamente, a VPN site a site cria uma ponte virtual entre as redes em escritórios distantes, conectando-as através da Internet a fim de manter uma comunicação segura e privada entre elas.

    Como a VPN site a site é baseada na comunicação de roteador a roteador, nesse tipo de VPN, um roteador atua como um cliente VPN e outro como um servidor VPN. A comunicação entre os dois é iniciada somente depois que uma autenticação é validada entre os aparelhos.

Tipos de protocolos VPN

    Os dois tipos de VPN acima são baseados em diferentes protocolos de segurança. Cada um desses protocolos oferece diferentes recursos e níveis de segurança como explicados abaixo:

1. Internet Protocol Security ou IPSec:

    O Internet Protocol Security ou IPSec é usado para proteger a comunicação da Internet em uma rede IP. Ele faz a autenticação da sessão e criptografa cada pacote de dados durante a conexão.

    O IPSec opera em dois modos, modo de transporte e modo de encapsulamento, para proteger a transferência de dados entre duas redes diferentes. O modo de transporte criptografa a mensagem no pacote de dados e o modo de encapsulamento criptografa o pacote de dados inteiro. O IPSec também pode ser usado com outros protocolos de segurança para aprimorar o sistema de segurança.

2. Protocolo de encapsulamento da camada 2 (L2TP):

    O Protocolo de encapsulamento L2TP ou Camada 2 é geralmente combinado com outro protocolo de segurança VPN como o IPSec para criar uma conexão VPN altamente segura. O L2TP cria um túnel entre dois pontos de conexão L2TP e o protocolo IPSec criptografa os dados e lida com a comunicação segura no túnel.


3. Protocolo de Encapsulamento Ponto a Ponto (PPTP):

    O PPTP cria um encapsulamento e envolve o pacote de dados. Ele usa um protocolo ponto a ponto (PPP) para criptografar os dados entre a conexão. O PPTP é um dos protocolos VPN mais usados ​​e está em uso desde o Windows 95. Além do Windows, o PPTP também é suportado no Mac e Linux.

4. Secure Sockets Layer (SSL) e Transport Layer Security (TLS):

    SSL (Secure Sockets Layer) e TLS (Transport Layer Security) criam uma conexão VPN em que o navegador atua como cliente e restringe o acesso do usuário a aplicativos específicos em vez de toda a rede. Os protocolos SSL e TLS são mais comumente usados ​​por sites de compras online e provedores de serviços. Os navegadores da Web mudam para SSL com facilidade e quase nenhuma ação é requerida ao usuário, uma vez que os navegadores da Web são integrados ao SSL e TLS. As conexões SSL apresentam o https no início da URL.

5. OpenVPN:

    O OpenVPN é uma VPN de código aberto útil para criar conexões ponto a ponto e site a site. Ele usa um protocolo de segurança personalizado baseado no protocolo SSL e TLS.

6. Secure Shell (SSH):

    O Secure Shell ou SSH cria o túnel da VPN pela qual a transferência de dados acontece e também garante que o túnel seja criptografado. As conexões SSH são criadas por um cliente SSH e os dados são transferidos de uma porta local para o servidor remoto através deste túnel.

Se a sua empresa necessita de uma rede privada, conheça o HandCONNECT e garanta praticidade e segurança para interligar todas as unidades do seu negócio!